Salvador não corre mais risco de desabastecimento nesta terça, informa Sindicombustíveis

A capital recebeu mais de 300 mil litros de combustível nesta segunda garantido o abastecimento de motoristas e motociclistas 

 

Salvador não corre mais o risco de ficar sem combustíveis nesta terça-feira (29). A informação havia sido confirmada na manhã desta segunda pelo presidente do Sindicombustíveis, Walter Tannus. Entretanto, mais de dez carretas conseguiram chegar em Salvador para abastecer os postos, e o gestor deu nova declaração.

“Cada posto tem capacidade de armazenar todo o volume de uma carreta, mas vamos distribuir o volume entre três e quatro postos para que seja feito um abastecimento fracionado”, afirmou Tannus. Em entrevista ao BA-TV, ele reiterou que os postos em Salvador terão combustível nesta terça.

Cada caminhão tem capacidade de transportar 30 mil litros de combustível, o que totaliza mais de 300 mil litros na cidade. Segundo o sindicato, em dias normais Salvador recebe, em média, 1,5 milhão de litros de combustível por dia para abastecer 250 postos.

Novos carregamentos
O sindicato informou que novas escoltas estão sendo feitas para que outros caminhões consigam passar os bloqueios durante a segunda. Não foi informado quais postos serão abastecidos. O comboio que chegou entre domingo e segunda abasteceu 35 postos. Os 700 mil litros que chegaram supriram a necessidade de apenas 16% de postos da capital e já estão no fim.

Tannus disse também que mesmo se a greve dos caminhoneiros terminasse hoje o abastecimento só será normalizado em 72h. A situação deve se agravar a partir de quarta-feira (30), já que os petroleiros também anunciaram greve.

Interior
Ainda nesta segunda-feira (28), o governador Rui Costa disse que vai assegurar o abastecimento também no interior do Estado. “Todas as medidas serão tomadas para fazer com que os combustíveis cheguem aos municípios para abastecer as ambulâncias e ônibus escolares, para transportar oxigênio e medicamentos, dentre outros produtos fundamentais à vida humana e animal”.

A declaração após encontro com o prefeito de Bom Jesus da Lapa e presidente da União dos Municípios da Bahia (UPB), Eures Ribeiro.  De acordo com o governador, a UPB vai ajudar a o mapeamento da situação nos municípios para manter as atividades essenciais.

Nesta terça-feira (29), o presidente da UPB  irá acompanhar todas as ações para reduzir os transtornos causados pela greve de dentro da sala de situação montada no Centro de Operações e Inteligência da Segurança Pública (COI), no Centro Administrativo da Bahia.

“A situação não está fácil e tem município até com a coleta de lixo comprometida, mas iremos para essa sala de situação com todos os contatos que a UPB fez com os prefeitos e cada demanda feita, para que consigamos escolta para o abastecimento de nossas cidades”, detalhou Eures.

 

 

 

 

Fonte: Site Informa 1

Imagem capa: Marina Silva/ Correio/ rede nordeste

Foto Eures: Gil Santos/ Correio

Foto Rui Costa: Camila Souza/GOVBA

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Catu Acontece - A Sua Revista Eletronica
2017 - 2019