Professor do IF Baiano Catu é selecionado para participar da Escola de Física no CERN

O evento prestigiado internacionalmente, ocorrerá em Portugal e na Suiça nos meses de Agosto e Setembro de 2019

Nos meses de agosto e setembro de 2019, o professor de Física e Chefe do Núcleo de Comunicação e Eventos Francisco Augusto da Silva Neto, do Instituto Federal Baiano Campus Catu , participará da Escola de Física da Organização Europeia para a Pesquisa Nuclear (CERN) 2019, que acontecerá em Portugal e na Suíça. O docente selecionado é o único representante do estado da Bahia. A seleção ocorreu entre abril e maio deste ano.

A Escola de Física do CERN é um programa educacional organizado pela Organização Europeia para a Pesquisa Nuclear (CERN) e pelo Laboratório de Instrumentação e Física Experimental de Partículas de Lisboa, com colaboração da Sociedade Brasileira de Física (SBF), SPRACE (São Paulo Research and Analysis Center), RENAFAE (Rede Nacional de Física de Altas Energias) e do Instituto Principia. Este projeto tem por objetivo expandir os conhecimentos de professores falantes de língua portuguesa na área da física moderna através de visitas a instalações e laboratórios, realização de cursos e palestras, sessões experimentais nos Laboratórios do CERN etc. Este ano, as atividades ocorrerão no final do mês de agosto no LIP – Laboratório de Instrumentação e Física Experimental de Partículas em Lisboa e no início de setembro no CERN em Genebra.

Sobre o CERN
O CERN é conhecido como o maior e mais moderno laboratório de física de partículas do mundo, foi criado em 1954 a fim de avançar a ciência europeia, que estava bem atrasada na Europa por conta da II Guerra Mundial. Idealizado por grandes mentes como Louis de Broglie e Niels Bohr e hoje apoiado por 22 estados-membros, a organização iniciou seus trabalhos focado no estudo do núcleo do átomo, mas acabou se tornando a incubadora de avanços científicos em outras áreas como a invenção da World Wide Web, telas táteis capacitivas entre outros. Recentemente chamou a atenção do mundo por conta do LHC (Maior acelerador de partículas do mundo) onde foi descoberto o Bóson de Higgs.

Instituto Federal Baiano

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Catu Acontece - A Sua Revista Eletronica
2017 - 2019