Prefeitura de Catu divulga aplicativo de trânsito que dá desconto de 40% em Multas

Veja como usar o app para verificar informações de seu veículo e ganhar descontos

 Prefeitura de Catu, através da CMTT aderiu ao sistema, criado pelo Departamento Nacional de Trânsito (Denatran). Agora o motorista, que tiver o aplicativo, recebe infrações dos seus veículos por meio do aplicativo SNE.

O SNE é um aplicativo de multas desenvolvido pelo Denatran para enviar infrações de trânsito para os celulares dos motoristas. O sistema permite gerar boletos de pagamento com descontos de até 40% em multas. Inicialmente, o serviço está disponível em 15 estados do Brasil, Catu está dentre as cidades da Bahia.

Disponível para iPhone (iOS) e smartphones com Android, a plataforma manda alertas com aviso de multas e oferece todos os detalhes da infração na tela do aparelho. Vale lembrar que o desconto de 40% funciona se o usuário admitir que cometeu a infração e decidir não apresentar defesa prévia ou recurso. Do contrário, você terá abatimento de apenas 20% até a data do vencimento. Após o vencimento, não há redução de valor, somente acréscimo de juros. Veja como se cadastrar no SNE para receber multas de trânsito em seu celular para pagar com desconto.


Carlos Babosa- Diretor da CMTT.

“Queremos mostrar a importância e o benefício de se aderir ao aplicativo, como baixar, qual documentação, quem realmente deve cadastrar. Além da transparência, agilidade e acesso a infrações cometidas, de desconto de até 40% no pagamento das multas emitidas pela Coordenadoria Municipal de Transporte e Trânsito (CMTT).”, explicou Carlos Babosa, diretor da CMTT.

Aproveite e baixe em seu celular agora mesmo, esse é um sistema válido para todo o Brasil.

Como cadastrar – O interessado precisa baixar o aplicativo móvel do SNE disponível para Android e iOS nas lojas virtuais e preencher os seus dados. Para cidadãos habilitados, os campos a serem preenchidos são: CPF, e-mail, senha, número da CNH e o seu código de segurança.

Já para cidadãos não habilitados, mas que possuem veículos registrados em seu nome, os dados a serem preenchidos são: CPF, e-mail, senha, número e código de segurança do Renavam. Todas as informações cedidas são validadas na base do Renavam.

Fonte: PMC


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Catu Acontece - A Sua Revista Eletronica
2017 - 2019