Prefeito de Mata fala sobre a inauguração do Centro Convenções e projetos futuros

O Centro de Convenções que será inaugurado em 12 de julho na Praia do Forte já tem eventos agendados para o mês de agosto, e vem com a pretensão de ser um agente impulsionador da economia local, com a geração de emprego e renda.

A obra, que é uma realização da Prefeitura Municipal de Mata de São João com investimento de aproximadamente R$ 3 milhões, será inaugurada na tarde do dia 12 de julho, às 17h e já está com eventos agendados, além de uma sondagem acentuada de grupos profissionais que já visionam o espaço como uma opção para realizar congressos e seminários.

Segundo o prefeito Marcelo Oliveira, “o empreendimento vem com a principal proposta de ser suporte para os pequenos hotéis e pousadas, que até então não tinham como comportar eventos de médio porte. O salão principal tem capacidade para cerca de 560 pessoas e contamos ainda com duas salas de 100m2 cada uma para reuniões e oficinas. Diferentemente dos grandes hotéis e resorts, que têm espaço para receber eventos de grande porte com até 2 mil pessoas, os pequenos hotéis e pousadas de Praia do Forte vivem basicamente do “turismo de Sol e Praia”. Agora, passam a poder captar os eventos relacionados ao “turismo de negócios”.

Já no próximo mês de agosto a Prefeitura de Mata de São João, em parceria com o Sebrae, abre o calendário local com um evento de cunho pedagógico com cursos para os empresários e profissionais do turismo. O objetivo é diminuir ao máximo o efeito da sazonalidade na ocupação dos meios de hospedagem, no comércio e nos restaurantes locais.

O equipamento custou cerca de três milhões de reais, sendo R$ 2,5 milhões do Governo Federal por meio de emenda parlamentar do ex-deputado federal João Gualberto Vasconcelos,  e o restante partiu de recursos próprios do município.

Com exclusividade, o prefeito Marcelo Oliveira mencionou outros investimentos que vão também fortalecer o turismo que é a principal fonte de arrecadação do município: a extensão da ciclovia de Praia do Forte até Imbassaí,  passando por detrás do cordão de dunas do Iberostar, contornando a lagoa Jauara, e seguindo ao longo da linha da praia.

“Quem optar  pela ciclovia vai aproveitar a natureza e desfrutar de uma vista muito bonita de frente para o mar. Todo o trecho, de Praia do Forte a Imbassaí, poderá  ser percorrido em veículo elétrico. Esperamos que se instalem nos empreendimentos que vão surgir ao longo dessa via pontos de parada e lazer para quem for explorar o verde da região”, explicou o prefeito; um outro projeto será a urbanização da Vila do Santo Antônio, localizada depois do Diogo, um local rústico e pitoresco, onde vamos estabelecer o ordenamento do uso do solo e impedir o acesso de veículos como forma de proteger as dunas. Serão instaladas barracas com serviço de água, energia e esgotamento sanitário, e um grande deck de madeira para as mesas e cadeiras, um pouco antes da linha da praia. Vamos também completar a pavimentação do acesso ao Garcia D’ Ávila e fazer também a requalificação da Alameda da Lua em Praia do Forte, entre outros projetos”.

Na manhã dessa quinta-feira(11), o prefeito também anunciou na rádio Sauipe FM outras obras que já foram licitadas, outras que estão para iniciar, além da instalação do Corpo de Bombeiros na Praia do Forte em agosto.

O gestor finalizou a entrevista fazendo uma retrospectiva da evolução de Mata desde o governo de João Gualberto,  enfatizou as melhorias feitas na educação, na saúde e na infraestrutura. Destacou marcos em todas as áreas durante os quase 16 anos de gestão de João Gualberto e depois a dele, e mostrou-se tranquilo e confiante quanto ao futuro de Mata de São João.

Donaire Verçosa

Dir. Jornalismo do Site Catu Acontece. Graduada e de família Catuense! Prezo pelo jornalismo imparcial.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Catu Acontece - A Sua Revista Eletronica
2017 - 2019