National Geographic grava documentário no Parque Klaus Peters da Praia do Forte

A série “Brasil Selvagem – O Brasil Azul” será exibido em 2020 e terá oito episódios de 50 minutos

Uma equipe dos canais National Geographic esteve na semana passada na Praia do Forte, Litoral de Mata de São João, para gravação da série “Brasil Selvagem – O Brasil Azul”. O documentário mostrará cinco dos seis biomas da costa Brasileira e diversas espécies endêmicas, além de uma grande barreira de corais ainda pouco conhecida pela maioria das pessoas.

As gravações foram realizadas no Parque Municipal Klaus Peters e a série, que será exibida em 2020, terá oito episódios de 50 minutos. As gravações do Parque Klaus Peters têm foco nas atividades de pesquisa, que são realizadas na área da botânica e zoologia.

Foram abordados os estudos na restinga e os trabalhos com as câmeras trap (armadilhas fotográficas), para levantamento de fauna e estratégias de conservação. De acordo com o coordenador de Unidade de Conservação da Prefeitura de Mata de São João e gestor do Klaus Peters, Fábio Lima, um episódio inteiro será dedicado aos trabalhos de conservação, feitos ao longo da costa brasileira.

Em seus cerca de 7 mil quilômetros de extensão, o litoral do Brasil é o lar de alguns dos animais selvagens mais incríveis do mundo. Em cada episódio a audiência viajará para um aspecto diferente, explorando tanto a superfície quanto o que está sob as águas.

Ascom PMSJ

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Catu Acontece - A Sua Revista Eletronica
2017 - 2019