Confraternização marcou o encontro em homenagem ao dia dos pais do Ágappe

O clube Cepe-Catu teve  nesse sábado momentos de interação e diversão entre pais, filhos e funcionários da escola que tem a educação como um ato de amor

O colégio Ágappe nesse sábado (12), um encontro entre pais e alunos, no Clube Cepe-Catu, em comemoração ao dia dos pais. Gincana, jogo de futebol , brincadeira e diversão além da calorosa torcida dos filhos, que estavam muito animados.

Foi a primeira vez que a diretoria e a coordenação do colégio optaram por fazer uma comemoração como esta fora das dependências da escola. “Pensamos primeiro no que os pais gostam, eles gostam de esporte, pensamos em oferecer para eles um momento que fosse divertido, recreativo, e que eles pudessem jogar futebol. E os poucos que não gostam, também puderam participar de atividades recreativas”, contou Ana Carla Mota, coordenadora da escola.

O fato do evento ter sido realizado em outro lugar empolgou todos os que estiveram presentes na comemoração.

 

O professor de informática  da escola Jean Carlos   disse  que “como pai, eu fico realizado ao ver meus filhos, outros pais e outros filhos reunidos nessa festa e como professor feliz ao ver a direção ter essa iniciativa bacana e o empenho da equipe.”

 

 

Marcelo Calasans disse que ” gostou muito da proposta do dia dos pais desse ano. Diferente, interativo e divertido. Vou ter que tomar alguns remédios para aguentar as dores depois da correria do baba de hoje, (risos) mas faz parte.”

 

Apoena Julio, pai de Iandra Germania Sá, aluna do Jardim I na escola, falou sobre o que achou da iniciativa da escola de promover um dia diferente para os pais e seus filhos: “é importante eventos como esse porque realiza uma integração entre pais e filhos, principalmente em dias como os que estamos vivendo, esse tipo de atividade é bastante interessante, porque vemos que só o amor pode fazer com que a gente resgate a família.”

 

 

 

As arquibancadas estavam cheias, assim como o interior da quadra. Os pais compareceram em peso, jogaram, lancharam e confraternizaram com seus filhos.

Vera Serrão, diretora do colégio, destacou a sua felicidade ao ver que os pais abraçaram o projeto. “A gente fica satisfeito e feliz, é isso que nos alegra. Trabalhamos com amor porque realmente vivenciamos a educação como um ato de amor.”

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Catu Acontece - A Sua Revista Eletronica
2017 - 2019