A ASSOCIAÇÃO DOS MÚSICOS CATUENSES CELEBRA SUCESSO DAS LIVES ANUNCIANDO NOVOS PROJETOS

A ASMUC segue celebrando a realização tanto das lives  musicais realizadas desde o mês de junho, além da programação executada em apoio a campanha ‘Todos Unidos Pelos Artistas Catuenses”, e  anuncia novos pretensos projetos.

Ricardo Brasil e keu Guetta

Realizado no Dagas Bar e em alguns momentos pontualmente no estúdio da produtora Underhouse Records e Cuscuz & Cia, as lives musicais realizadas no mês de junho, fizeram a abertura oficial do canal da Asmuc, e deram início  a um espaço que veio para ficar, e servirá de plataforma para diversos outros projetos  artísticos culturais, que serão implementados para dar vez e voz a todo tipo de arte na cidade de Catu-Bahia, e a artistas de todas as esferas, desde do artesanato à culinária.

O grupo conta com cerca de mais de 45 artistas cadastrados, e muitos não estão recebendo nenhum tipo de ajuda governamental, por isso as lives solidárias, com doações realizadas principalmente pelo Pic Pay, vieram com intuito de facilitar as contribuições  para ajudar artistas e suas respectivas famílias.

Segundo a equipe e o idealizador do projeto Keu Guerra, que é instrumentista, compositor e  produtor musical: “ a campanha “Todos pelos Artistas Catuenses” foi gerada a partir da iniciativa de um pequeno grupo de artistas e parceiros, que decidiram fazer algo significativo pela sua classe em meio à pandemia. Para chegarmos ao resultado obtido atualmente nas redes sociais, foi necessário muito esforço, e quase nenhum apoio financeiro. Por isso, precisamos o povo é nosso principal ajudador, pois as doações em dinheiro, alimentos e com o engajamento de novos parcerias, poderemos continuar levando cultura em suas diversas linguagens, remunerar os profissionais envolvidos, contribuir para a campanha de afastamento social e levar mensagens de conforto e esperança para dentro de suas casas do povo catuense e do mundo de uma forma geral.” Pontuou Keu.

Jornalista Donaire Verçosa que foi a apresentadora da live e Kassiene Fernandis, cantora e compositora

Em entrevista exclusiva para nossa Revista Catu Acontece, Keu ainda pontuou:

“Vale ressaltar que o projeto tem como foco central as manifestações populares,  que envolve a música,  a produção áudio visual, sempre com rodas de conversas via vídeo conferência após a exibição dos filmes ou  documentários,  ou via podcash só com o áudio. Além disso, todo tipo de arte como, artesanato, teatro, entre outros, terão participação e espaço para mostrar o talento no canal da ASMUC, como já vem sendo feita.”

Keu Guerra- Músico, compositor e coordenador cultural da Asmuc

“Agradeço ao Dagas Bar pelo espaço cedido para realização das lives musicais,  pelo trabalho de toda equipe que se empenhou para driblar os problemas que tivemos nas primeiras  transmissões, e juntos vencermos todos os desafios para que o projeto tenha tido, e continue sendo um sucesso cumprindo o objetivo de auxiliar de forma altruísta a população, principalmente a aos mais jovens”. Destacou Keu.

Na quarta-feira, 08 de julho, o canal exibiu o documentário Mokambo, idealizado e dirigido pela jornalista Soraya Mesquita, onde este retrata a materialidade e a espiritualidade que o povo Bantu disseminou entre a sociedade. A inspiração para a realização do projeto veio de Taata Anselmo, sacerdote do terreiro Mokambo, que, na descendência religiosa, é filho de Mãe Mirinha do Portão, neto de Joãozinho da Gomeia e bisneto de Severiano Manuel de Abreu, o Jubiabá. O terreiro, tombado pelo Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (IPAC), em 2016, é uma referência na preservação e divulgação da cultura Bantu, com o Memorial Kisimbiê – Águas do Saber, premiado pelo IPAC como Espaço de Visibilidade e Manutenção da Tradição Bantu no Brasil. Seguido de uma roda de conversa com o Bacharel em Artes Cênicas Nando Zâmbia.

No sábado é a vez da banda Últimos de Nós, que promete às 18h e 30 minutos, trazer muito rock roll para a noite de sábado dos amantes desse estilo, e todos os integrantes, é válido ressaltar, são catuense.

O projeto apesar do engajamento da população, ainda precisa que empresários e governantes abracem a ideia, e auxiliem no seu financiamento para que assim, mais e melhor possa ser executado em prol de uma classe que foi a primeira a parar suas atividades em meio a chegada do Coronavírus na cidade catuense e será a última retomar as atividades, já que o vírus amplia sua contaminação a partir do convívio social.

Para doar, além do Pic Pay durante as lives, podem ser realizadas doações na seguinte conta bancária da Caixa: agência 2119, operação 003, conta corrente 2449-7, cnpj 35230.487/0001-83.

O encerramento das lives do São João, foi com o grupo Samba Pop. Veja vídeo que viralizou na rede, quando Keu Guerra, mostrou que tem samba no pé.

Por Donaire Verçosa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Catu Acontece - A Sua Revista Eletronica
2017 - 2019