Reforma do ‘Penão’ reaviva sonho do neto do ex-Prefeito Antônio Pena

Estádio Antônio Pena passa por reformas e reaviva o sonho da família  e do eterno amante do futebol, por ter a sede do time por ele fundado, o catuense, firmada em Catu-Ba, cidade que representa

O Estádio Municipal Antônio Pena, localizado em Catu, iniciou uma série de reformas em julho do ano corrente, que estão sendo feitas e terá uma segunda fase de reforma. Inaugurado em 1996, o Penão – como também é chamado –, tem capacidade para 8.000 pessoas, e já foi palco de alguns momentos históricos na cidade, como, quando sediou o jogo da Catuense contra o Atlético Mineiro, pela Copa do Brasil de 2004.

 O estádio não se delimita apenas ao futebol, também possui uma quadra de futevôlei, e desenvolve algumas atividades de atletismo. A existência deste espaço, traz um valor significativo, contribuindo não só para o município, mas também passa a sediar atividades do Estado, sendo importante para a Federação Baiana de Futebol (FBF) e para a Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia (SUDESB).

 

 

 

Nessa primeira etapa da revitalização do espaço, o gramado está sendo aprimorado, para se adequar às normas da FBF; os alambrados estão sendo trocados; as arquibancadas serão melhoradas, além de realizar uma nova pintura em todo estádio, e uma nova cobertura na cabine de imprensa. Com previsão para concluir ao final de dezembro.

secretário de Juventude, Esporte e Lazer, Adonay Silva

Para a segunda etapa do Projeto, serão reformados os vestuários, as portarias, os bares, sanitários, e a iluminação do estádio. E para a conclusão de toda a reforma, serão investidos R$ 851.951,46, valor obtido através de emendas estudais e federal. Para o secretário de Juventude, Esporte e Lazer, Adonay Silva, o cidadão catuense pode criar boas expectativas com a reforma. “A população pode aguardar um espaço arrumado e bonito, e que possamos oferecer condições de conforto e segurança”. Enfatiza.

Antônio Pena, ex-prefeito de Catu, (In Memorian)

Para seu fundador, Antônio Pena(In-Memorian), o estádio tinha um valor singular. Mantendo o futebol como um grande vício pessoal, o ex-prefeito, que desde sua infância, demostrava interesse pelo esporte – e foi questionado por seu pai, que não enxergava relevância pela sua paixão futebolística  –, obteve então, em seu cargo político a oportunidade de transformar um sonho antigo em realidade; e também contribuir com o avanço do município.

 

 

Roberto Pena mais novo com a família e o Avô

Antes mesmo de pleitear a criação do estádio, Antônio Pena, já havia dado início ao seu time (em 1974), Catuense, que logo viria a se tornar um grande sucesso, dando maior visibilidade à cidade. Para Roberto Pena, neto de Antônio, e atual Presidente da Associação Desportiva, é uma alegria seguir com os objetivos de seu avô. “Para mim é muito importante dar continuidade ao sonho dele, pois também é meu, fazer a Catuense crescer, impulsionar o esporte em Catu e região, e galgar novas conquistas importantes”. Comentou emocionado.

 

Roberto acredita que a revitalização do Estádio Antônio Pena está intrinsecamente ligada ao desejo de seu avô, pois com a conclusão das obras, a Catuense poderá retornar ao município, e com isso trilhar novos rumos, utilizando do esporte como forma de alavancar a cidade e envolver seus habitantes.

Ele também agradece à Prefeitura Municipal de Catu pelo apoio emitido. “Essa reforma é essencial, algo que já buscamos há muito tempo. E o prefeito atual, Geranilson Requião foi excepcional nessa conquista, tendo feito a proposta desde sua candidatura. Isso será muito importante para toda a cidade”. Disse Roberto, entusiasmado.

 

Roberto Pena e o filho no estádio Penão antes da reforma

 

 

Reportagem: Roger Beltrão e Donaire Verçosa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Catu Acontece - A Sua Revista Eletronica
2017 - 2019