Política e Fé: Bonfim de Mata lota às ruas matenses durante os dias da tradicional festa e atrai dezenas de políticos ao cortejo

Bandas locais e nomes do cenário da música nacional, fizeram a festa durante a manifestação cultural que tem mais de 200 anos de história e fé para o povo de Mata de São João, atraindo milhares de pessoas  e dezenas de políticos ao ponto chave da festa que foram marcar território durante o cortejo até o Bonfim

De 07 à 10 de fevereiro, os matenses celebraram a fé, e expressaram sua alegria pelas ruas da cidade, na festa que celebra louvor e adoração ao Senhor do Bonfim, misturando o profano e o sagrado, com a missa, a parte secular da festa com as bandas, e a lavagem com as baianas dos adeptos do candomblé, e do ‘tempero’ político que acontece principalmente durante o cortejo até o Bonfim, ponto alto da festa.

O  Largo do Bonfim, local da festa dançante, tanto no coreto quanto no palco principal,  esteve repleto de pessoas de todas as idades durante as quatro noites da festa e os três dias de mistura de ritmos, do pagode de Péricles ao funk de Mr Galiza, da quebradeira de Flavinho ao reggae de Edson Gomes, passando pela banda Q Bana, blocos da terra e artistas matenses, que não deixaram os intervalos esfriarem a animação do público, embalando a festa enquanto as bandas do palco principal  montavam sua estrutura.

Ponto alto da Festa do Bonfim de Mata

O ponto alto da festa do Bonfim de Mata, foi mesmo o cortejo que aconteceu no domingo, e em ano de eleição, a festa religiosa, vira momento de articulação política, teve “namoro” do PSD com o presidente da Câmara Agnaldo de Lulu(DEM), vereadores reafirmando durante a caminhada sua devoção a pré-candidata ao cargo executivo matense Lulu Cardoso, atual vice-prefeita, que caminhou lado a lado do prefeito Marcelo Oliveira até o Bonfim, além dos Deputados Adolfo Vianna(PSDB), Otto Alencar Filho(PSD) e políticos de diversas cidades circunvizinhas, que foram prestigiar a manifestação de fé, mas também sinalizar sua presença para o povo matense, afinal, é ano de eleição, e todo mundo quer se mostrar forte nos seus respetivos grupos políticos.

Por onde a vice-prefeita passava, era abraçada pelos polulares, e isso desde o primeiro dia da festa, quando nossa equipe flagrou-a em meio ao povo, que não cansava de abraçá-la a cada passo que dava a aspirante ao cargo executivo, e experiente em carreira política, já que acumula anos de vereança e serviços prestados à comunidade matense, inclusive como secretária de Ação Social durante um ano na gestão atual.

Catu em Pauta

Agnaldo de Lulu gravou um vídeo para nossa equipe destacando a importância do respeito as religiões e mandou um recado para o povo de Catu, ressaltando a importância do intercâmbio entre as cidades, para que o crescimento seja em conjunto e de forma ampla. Tamb´m enfatizou o respeito pelo povo catuense, que se faz presente em diversas celebrações da comunidade matense.

Otto Alencar Filho enfatizou o respeito pela fé independente da religião, destacou as alianças políticas que fortalecem o bem-estar da comunidade matense, e mandou um recado para Catu: “ nesse ano mais uma vez colado com Catu, pois nessas eleições caminharei lado a lado com vice-prefeito e pré-candidato à prefeitura de Catu, Dr. André, que tem meio total apoio e com certeza vamos juntos buscar a vitória.” Enfatizou Otto.

Ainda no domingo(09), depois do cortejo teve o esquenta do Parque, que há dois anos era capitaneado por Jaú, mas que esse ano teve a banda filhos de Jorge, que encantou o público matense com um som que misturou axé, sertanejo e arrocha, numa pegada groove misturado com suingue baiano e clássicos do carnaval baiano além de sucessos da banda.

Depois teve a Banda Parangolé comandando o arrastão e a noite no cortejo bandas locais. E para fechar com chave de ouro, na segunda-feira(10), a  apresentação da banda Unha Pintada, arrastou uma multidão para o Largo do Bonfim que teve a apresentação precedida pelo artista matense Fred Tabaréu, que também animou o público com o hit, ‘Pipocou’ em vários ritmos.

Unha Pintada

A cidade em festa movimentou a economia local e deixou um saldo positivo de projeção da arte e cultura matense, além de favorecer as articulações políticas na região, que prometem ferver a disputa eleitoral desse ano 2020 em Mata e região circunvizinha.

matense Danilo Henrique expressando sua fé na chegada ao Bonfim

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Catu Acontece - A Sua Revista Eletronica
2017 - 2019