Peladatona: cantor de arrocha quer fazer corrida na Barra com todo mundo pelado

Valter das Virgens busca autorização para o evento que objetiva angariar fundos para ajudar a Creche Bel Machado, localizada na Boca do Rio.

Marcada para o dia 6 de setembro, a 1ª Peladatona de Salvador promete encher as ruas da Barra com atletas completamente pelados. A “maratona nudista” é invenção do cantor de arrocha Valter das Virgens (34), que já pretende pedir liberação da Prefeitura.

A corrida onde todos correrão pelados terá largada à meia-noite, com concentração às 23h. “As crianças já vão estar dormindo. Não tem problema algum!”, diz Valter. O percurso de pouco mais de 2 Km, será do Morro do Cristo ao Farol da Barra.

A ideia do evento surgiu como uma brincadeira. Recentemente, Valter começou a ser cobrado em um grupo de WhattsApp para organizar algo diferente devido a sua experiência em realizar eventos. Foi quando anunciou que um dia faria uma corrida com todo mundo ‘como veio ao mundo’. “Eu postei no grupo de WhatsApp como uma brincadeira,e a coisa se espalhou tanto, apareceram tantos interessados, que decidi fazer esse evento de qualquer jeito”, relatou Valter.

“ A idéia da ‘peladatona’ tem como objetivo principal ajudar financeiramente a creche Bel Machado, localizada na boca do Rio, onde recentemente recebi ligações com pedidos de ajuda para as crianças que o local comporta”, pontuou.

O idealizador do evento também pretende buscar interessados em patrocínio. “Penso em empresas de protetores solares, de água mineral ou cervejarias”, afirma Valter, que diz não ter qualquer interesse em lucrar com a corrida. “A intenção é se divertir e angariar fundos para a creche Bel Machado”. A premiação anunciada prevê um total de R$ 10 mil distribuídos entre os vencedores.

“Pedalada Pelada”

Valter das Virgens diz que se inspirou na “Pedalada Pelada” de São Paulo, uma manifestação que ocorre há mais de dez anos, em que ciclistas protestam contra a invisibilidade deles no trânsito da maior capital do país.

Liberdade

Apesar da ideia ter surgido em um grupo formado por pessoas que frequentam festas liberais, a ‘Peladatona’ tem a essência voltada para o naturismo. “O evento seria um ato em favor da liberdade onde os corredores usam apenas um par de meias e tênis”, disse Valter.

Reações

Valter tem mil argumentos para defender o evento. “Não vou dizer para a pessoa ir para o trabalho nua, ir ao banco nua, mas fazer uma brincadeira para se divertir meia-noite? Qual é o problema? As pessoas que vão pra lá são as que estão a fim de se divertir”, relatou.

Para mais informações sobre a ‘Peladatona’ , você pode entrar em contato com Valter das Virgens através dos endereços:

Instagram: @Valterdasvirgens

Facebook: Valter das Virgens

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Catu Acontece - A Sua Revista Eletronica
2017 - 2019