PARÓQUIA DE CATU TEM PADRE AFASTADO APÓS DENÚNCIAS DE PRÁTICAS INADEQUADAS DURANTE CELEBRAÇÃO DA MISSA

Padre Fernando de Almeida, teria sido orientado a renunciar para escapar de um processo de exclusão do rol de sacerdotes da Igreja Católica.

A população catuense foi surpreendida na última terça-feira no instagram  da Paróquia Sant’Ana de Catu, com uma retratação do Padre Fernando de Almeida, que havia assumido a Paróquia  no início desse ano, e ainda caminhava em  “pseudo” Lua-de-mel com os féis. Contudo, alguns paroquianos não se mostraram insatisfeitos com a forma de condução das celebrações pelo mesmo, e segundo apurado pela revista com uma fonte não revelada, alguns preceitos da igreja católica foram feridos pelo ministro.

Numa missa celebrada no dia 22 de agosto de 2021, e já retirada das redes sociais oficiais da Paróquia catuense, o Padre Fernando teria ferido uma das ordenanças da igreja católica, onde as celebrações da eucaristia devem ser feitas apenas por ministros ordenados, é importante saber que, existem dois tipos de sacerdócio: o sacerdócio comum, e o sacerdócio ministerial. O primeiro refere-se a todos os batizados; já o segundo, aos ministros ordenados: bispos, padres e diáconos, ambos são o mesmo sacerdócio, porém, diferentes no grau.

Segundo a apuramos, relatos e denúncias chegaram até o vaticano, pois Padre em questão na matéria, passou parte da celebração para que mulheres fizessem, e isso segundo ordenanças episcopais, não é permitido, o que teria escandalizado fiéis que viralizaram  o vídeo  do momento do ocorrido até que este  teria chegado ao vaticano, incorrendo numa espécie de advertência da Diocese de Alagoinhas-Ba, onde o mesmo teria sido orientado a renunciar a Paróquia, para não ter que incorrer num processo de quase que exclusão do exercício do sacerdócio na igreja católica. Veja o que arquidiocese de Alagoinhas fala sobre o caso em documento publicado nas redes sociais:

Após repercussão do caso a Paróquia de Catu também publicou retratação do Padre Fernando que também se retratou na missa posterior ao domingo do fato ocorrido. Veja documento publicado nas redes sociais:

Em publicação no site da Canção Nova, um artigo escrito por um padre da igreja, fala um pouco sobre o porquê de somente o Padre celebrar:

“….o motivo pelo qual somente o sacerdote pode celebrar a Santa Missa, por meio das sábias palavras de nosso querido Papa Emérito, Bento XVI, quando o mesmo discursou tendo em vista os 150 anos da morte do Santo Cura’Ars, ele disse: “o sacerdote é servo de Cristo, no sentido de que sua existência, configurada ontologicamente com Cristo, assume um caráter essencialmente relacional: ele está em Cristo, para Cristo e com Cristo ao serviço dos homens”. Em outras palavras, o padre é um outro Cristo.” Destaca o Padre Elenildo. Saiba mais sobre no link a seguir:

Veja vídeo que viralizou nas redes sociais e que repostado pelo instagram @apostsantoinacio que denunciou o que seria segundo a postagem, uma espécie de quebra de dogmas da igreja católica, e que trouxemos também nas nossas redes sociais.

Antes de ser transferido para Catu,  Padre Fernando atuava na Praia do Forte, distrito de Mata de São João-Ba, e quem o acompanhou fala sobre seu testemunho como sacerdote. Segundo Agnaldo Cardoso, natural de Sauipe e ex-vereador de Mata, tendo atuado à frente da Câmara de Mata durante seu mandato, “Padre Fernando sempre foi um exemplo de sacerdote, acolhedor, principalmente no que diz respeito à comunidade mais carente, e nunca durante o tempo que esteve na cidade matense, fez nada que desabone a sua conduta, sendo exemplar na condução do que diz respeito a fé católica. Sempre amigo de todos, inclusive meu.” Declarou Agnaldo.

Padre Fernando foi contatado mas não nos respondeu, e segundo a nossa fonte, este segue orientações da Diocese de Alagoinhas, para que não comente sobre o caso, principalmente para mídia e redes sociais quaisquer. O mesmo já não está mais em Catu, e aguarda decisão do processo da igreja o qual foi submetido, que pode durar segundo apuramos, cerca de dois meses.

Muitos fiéis lamentaram a partida precoce do padre, e inclusive explanaram isso nos comentários nas redes sociais da paróquia em questão.

Donaire Verçosa

Dir. Jornalismo do Site Catu Acontece. Graduada e de família Catuense! Prezo pelo jornalismo imparcial.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Catu Acontece - A Sua Revista Eletronica
2017 - 2019