Novo protocolo da Covid-19 indica quantos dias cada pessoa deve se isolar

O tempo mínimo indicado para reclusão de pessoas contaminadas pelo coronavírus foi reduzido no novo protocolo de isolamento contra a disseminação da Covid-19 publicado pelo Ministério da Saúde. Antes, pessoas infectadas deveriam se isolar por 10 dias, agora, de acordo com o protocolo, cinco a sete dias são suficientes. 

Em anúncio, o ministro Marcelo Queiroga e o secretário de Vigilância em Saúde, Arnaldo Medeiros, explicaram que o guia epidemiológico de 2022 tem como base medidas de segurança dos Estados Unidos e da Inglaterra.

“O guia traz características gerais sobre a Covid-19. Reúne questões sobre a vigilância epidemiológica, definições operacionais, notícias sobre notificação e registro. Também traz medidas de prevenção e controle, de investigação de isolamento de casos suspeitos”, explicou o secretário.

De acordo com o Ministério da Saúde, as medidas também visam adequação à variante Ômicron. 

A partir de agora, o isolamento deverá ser feito por 7 dias, desde que não apresente sintomas respiratórios e febre, há pelo menos 24 horas e sem o uso de antitérmicos. 

Aqueles que realizarem testagem (RT-PCR ou teste rápido de antígeno) para Covid-19 com resultado negativo no 5º dia, poderão sair do isolamento, antes do prazo de 7 dias, desde que não apresente sintomas respiratórios e febre, há pelo menos 24 horas, e sem o uso de antitérmicos. Se o resultado for positivo, é necessário permanecer em isolamento por 10 dias a contar do início dos sintomas.

Confira o esquema de isolamento domiciliar do novo protocolo de Covid-19, elaborado pelo Ministério da Saúde:

Fonte:BN

Foto: Annie Spratt / Unsplash

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *