Notícia

Idosas são presas suspeitas de integrar quadrilha que aplicava golpes em benefícios do INSS

Grupo praticava fraudes em agências bancárias utilizando documentos falsos, a fim de receber, indevidamente, benefícios em nome de terceiros.

A Polícia Civil de Goiás efetuou esta semana a prisão de quatro pessoas – entre elas, duas idosas, de 66 e 78 anos – suspeitas de integrar um grupo criminoso que aplicava golpes em benefícios do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Os envolvidos foram presos em flagrante por estelionato e associação criminosa.

O grupo praticava fraudes em agências bancárias utilizando documentos falsos, a fim de receber, indevidamente, o Benefício de Prestação Continuada (BPC) em nome de terceiros. A prisão ocorreu na quinta-feira, 4.

A investigação aponta que a última ação do grupo ocorreu na quinta-feira, quando a idosa de 66 anos dirigiu-se até uma agência bancária de Orizona, município que fica a 137 km de Goiânia, e tentou realizar um saque com uma guia do INSS, carteira de trabalho e identidade falsas.

Após identificarem os documentos falsos, o banco acionou a polícia que abordou a idosa na saída da agência quando iria entrar num veículo, que era ocupado pelos outros investigados. Com eles foram apreendidos diversos documentos falsos, bem como o total de R$ 4.469 em espécie. 

Segundo os policiais, do montante apreendido, R$ 2.824 foram sacados pouco tempo antes, pela idosa de 78 anos. O grupo estava em Orizona há cerca de uma semana tentando realizar o mesmo golpe, sendo já conhecidos na agência bancária. As informações são do portal Terra. ( Foto: Divulgação/Polícia Civil de Goiás)

Redação

Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com