Festival de dança encanta a plateia no último sábado no Cepe Catu

A população marcou presença no clube Cepe no último sábado, em busca da magia prometida no espetáculo de dança Clássicos do Cinema promovido pela  Escola de Ballet Ilma Costa

 

Dias de ensaios, noites mal dormidas e muita preparação para que tudo ficasse com a mesma qualidade dos grandes espetáculos de dança que acontecem nos melhores teatros brasileiros.

Da ‘turma dos fraldinhas’, de 2 à 4 anos, até os adultos, todos apresentaram com mesmo profissionalismo e comprometimento com trabalho. O resultado foi uma noite mágica que surpreendeu toda plateia presente, atônita e extasiada com a grandiosidade da produção do espetáculo.

Clássicos do Cinema passeou por filmes que marcaram gerações  desde a década de 40 até agora. Desde Pássaro Azul, Triller, Homenagem a Charlie Chaplin , Tinker Bell, Grase – Nos Tempos da Brilhantina,  Missão Impossível, Uma Linda Mulher. Também, tiveram aqueles que fazem até hoje a cabeça da garotada como Toy Story, Pantera Cor de Rosa, A bela e a Fera, Enrolados, Frozen, entre outros.

Cada apresentação teve uma caracterização específica, desde a maquiagem até o figurino, tudo é pensado e confeccionado nos mínimos detalhes. Cada acessório e adereço é confeccionado para os bailarinos que se apresentaram, nada é alugado.

A diretora geral que dá o nome a escola Ilma Costa e é casada com o também responsável em Salvador, Juliano Costa, destacaram que esse ano teve um diferencial em relação aos anos anteriores, “estamos nos empenhando para melhorar a cada ano, e esse espetáculo nos preocupamos em trazer para Catu uma estrutura de teatro mesmo. O objetivo é mais comodidade dos bailarinos, da plateia e conservar a beleza das luzes do palco.”

Ainda segundo o casal Costa, nos anos anteriores a dinâmica de troca de figurino, entrada e saída do palco ficava prejudicada, pela localização do palco oficial. Então foi montada uma estrutura onde os bailarinos já saiam do camarim direto para o palco.

O esforço é feito em conjunto para garantir a beleza do espetáculo e os alunos ficam ansiosos. É o que garante Graziele veloso, mãe de Maria Ester  Veloso, de 3 anos, que  precisou ser colocada para dormir durante a tarde, para poder relaxar e conter a expectativa da apresentação. “ Eu também estava muito ansiosa, imaginando se Ester iria realmente se apresentar, porque quando perguntava, ela não mostrava nada. Para mim foi surpreendente,” pontuou Graziele.

 

 

Ana Célia Reis Gomes mãe de Suelen Reis (23), fala da alegria de ver a filha  bailarina que já é professora da turma dos fraldinhas se apresentando. “ Minha filha é meu orgulho. É a caçula de 4 filhos e única menina. É valoroso a dedicação e amor dela pela dança, e no que ela precisar eu estarei apoiando para ela continuar avançando no sonho dela, de se tornar uma grande bailarina,  para mim já é,” destacou Ana Célia.

Suelen fez questão de enfatizar que ensinar a arte da dança as crianças, exige uma preparação não só técnica, mas também psicológica, para que elas não se acanhem com a plateia no dia da apresentação e nem fiquem nervosas a ponto de não conseguirem dançar. Isso sem falar no ensino das coreografias, onde tem uma técnica a parte especifica para a idade da turminha, de 2 à 4 anos.

Apoena Júlio Araújo e Sheila Germani Araújo,  também tem no grupo de ballet duas filhas, mas a que mais nos preocupa é Iandra Germani. Segundo Apoena “ na apresentação de junho Iandra ficou nervosa e foi necessário chamar a mãe para ela se acalmar.”

 

Para os pais de Iandra, a Ilma Costa tem um trabalho ímpar, importante na formação de futuros adultos disciplinados, com saúde mental e física. Sheila Gremani, destaca “ em tempos de tanta ansiedade dessa geração atual, é indispensável um trabalho como esse, que já ajuda as crianças a terem inteligência emocional. ”

 

A bailarina e diretora da Escola Ilma Costa Núcleo Catu, Priscila Cerqueira, lembrou que dia 25 de novembro será o próximo espetáculo, intitulado “A Criação”. “ Com certeza tudo será feito com mesmo empenho, para que tudo fique ainda melhor do que já foi esse. Sem falar que com tudo que todos viram aqui hoje, tenho certeza que novos alunos estarão dançando conosco aqui,” pontua Priscila.

 

Donaire Verçosa

Dir. Jornalismo do Site Catu Acontece. Graduada e de família Catuense! Prezo pelo jornalismo imparcial.

2 comentários em “Festival de dança encanta a plateia no último sábado no Cepe Catu

  • 18 de julho de 2017 em 22:16
    Permalink

    Maravilha! É espetáculo de qualidade na nossa cidade!

    Resposta
  • 18 de julho de 2017 em 22:29
    Permalink

    Muito bom. Tenho prazer de conhecer esse trabalho tão especial que a escola de ballet Ilma Costa vêm realizando ao longo desses anos e eu sei que tem muito mais conquistas por aí.
    Parabéns e sucesso

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Catu Acontece - A Sua Revista Eletronica
2017 - 2019