Depois de seis meses, cinemas de Salvador voltam a funcionar

Novo filme do diretor Guy Ritchie e festival de clássicos estão entre destaques

Ok, você viu muitos filmes, séries e lives em casa nestes seis meses de quarentena e o streaming até quebrou o galho. Mas a verdade é que nada se compara à sensação de entrar numa sala escura, comer uma pipoca naquela poltrona confortável e ver aquela super produção numa tela gigante com um som cheio de potência, né?

Então, já pode se preparar para matar as saudades, pois as salas de cinema já podem voltar a funcionar a partir de hoje. Tudo, claro, dentro do protocolo estabelecido pelas autoridades. Em Salvador, a lotação foi limitada a 50% da capacidade máxima e, ainda assim, não serão permitidas mais de 100 pessoas numa sala. Portanto, mesmo que o espaço de exibição comporte 300 pessoas, não serão permitidos 150 frequentadores, o que seria correspondente a 50% da sala. 

Tem mais: no máximo, apenas duas pessoas podem sentar em cadeiras vizinhas e, ainda assim, elas precisam chegar juntas ao cinema. Além disso, a cada duas cadeiras ocupadas, duas permanecem livres. “Se você compra só um ingresso, a cadeira ao lado é bloqueada pelo sistema automaticamente, para evitar que um desconhecido sente ao seu lado. Então, como algumas pessoas vão sozinhas ao cinema, dificilmente a ocupação chegará sequer aos 50%, o que dá mais segurança ao público”, diz o diretor de operações da UCI Brasil, Paulo Teixeira.

Além da UCI – com unidades no Shopping da Bahia, Barra e Paralela -, abrirão hoje em Salvador os cinemas da rede Cinépolis (Bela Vista e Salvador Norte) e Imperial, no Lapa. A Cinemark ainda não tem perspectiva. O Itaú Glauber Rocha e o Saladearte planejam reabrir no dia 1º de outubro.

Há ainda outras normas que serão seguidas: dispensers de álcool gel estarão espalhados em diversos pontos; haverá sinalização para determinar a distância entre os frequentadores; os funcionários vão ter a temperatura medida frequentemente. Além disso, a higienização das salas nos intervalos será intensificada. Por isso, o número de sessões diárias foi reduzido.

Na rede UCI, as primeiras sessões acontecem às 15h e as últimas às 21h. No Cinepólis, começa às 14h e vai até 21h50. No Lapa, o início é às 13h e a última sessão, 19h50. 

Programação
Como as salas terão limite de ocupação, os filmes com maior potencial de bilheteria ainda não estreiam neste momento. Entre os destaques da semana, está Magnatas do Crime, do diretor Guy Ritchie (Sherlock Holmes/2009), com Matthew Mcconaughey como protagonista. O filme segue o estilo de outras obras do cineasta, misturando ação e comédia, como Jogos, Trapaças e Dois Canos Fumegantes (1998) e Snatch (2000).

Chega aos cinemas também O Segredo: Ouse Sonhar, baseado no best-seller O Segredo, de Rhonda Byrne, lançado em 2006.

Para os que estão em clima de nostalgia, a pedida é o festival De Volta Para o Cinema, que tem clássicos como ET – O Extraterrestre (1982), Tubarão (1975), O Exorcista (1973) e Matrix (1999). Há ainda reprises como Minha Mãe é Uma Peça 2 e Turma da Mônica – Laços.

Os candidatos a blockbusters previstos para este ano podem chegar em breve, segundo Paulo Teixeira: “Há uma expectativa de que filmes como Tenet [do diretor Christopher Nolan] e Viúva Negra [da Marvel] cheguem no próximo mês, mas isso depende da agenda do distribuidor e não do exibidor”.

Fonte: Correio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Catu Acontece - A Sua Revista Eletronica
2017 - 2019