Crianças de 9 anos são as que mais morreram por covid-19 na Bahia entre faixa etária apta à vacinação infantil

Bahia é o segundo estado com mais mortes provocadas pela Covid-19 de crianças entre 5 e 11 anos de idade.

As crianças de 9 anos foram as que mais morreram na Bahia em decorrência da covid-19 desde o início da pandemia entre a faixa etária apta à vacinação infantil, segundo dados divulgados nesta terça-feira (11) pela Associação Nacional dos Registradores de Pessoas Naturais (Arpen).

De acordo com a Arpen, a Bahia é o segundo estado com mais mortes provocadas pela Covid-19 de crianças entre 5 e 11 anos de idade. Ao todo, 30 baianos dessa faixa etária morreram no período de março de 2020 e a primeira semana de janeiro de 2022, vítimas da doença.

O levantamento mostra ainda que as crianças mais afetadas pela doença foram aquelas de 9 anos, com nove mortes registradas, seguida pelas que tinham 5 anos, com sete registros, e pelas de 10 anos, com cinco óbitos registrados.

Crianças de 6 e 7 anos totalizaram três óbitos, as de 8, uma, e as de 11, duas mortes.

Os números contabilizados fazem parte do Portal da Transparência do Registro Civil, base de dados que reúne as informações de nascimentos, casamentos e óbitos registrados pelos 7.663 Cartórios brasileiros.

Ainda segundo a Arpen, o ano de 2021 foi aquele que registrou o maior número de mortes de crianças em que a causa da morte consta como Covid-19 (17), enquanto que em 2020 foram 13. A associação ressalta, no entanto, que os Cartórios de Registro Civil tenham o prazo legal de até 10 dias para enviar os dados ao Portal da Transparência do Registro Civil.

“Os dados obtidos pelo Portal da Transparência do Registro Civil, nos mostram que 2021 ocorreu um aumento de mortes por Covid-19 em nosso estado. Um número não tão elevado em comparação ao ano anterior, mas ainda sim expressivo. Isso nos mostra o quão importante é a vacinação de nossos cidadãos baianos, evitando assim mortes e propagação de variantes”, salienta o presidente da Arpen/BA, Daniel Sampaio.

Já no Brasil, as crianças entre 5 e 11 anos totalizaram 324 falecimentos por Covid-19 desde o início da pandemia. Entre os Estados brasileiros, São Paulo, estado mais populoso do país respondeu percentualmente por 22,8% dos óbitos de crianças nesta faixa etária, seguido por Bahia (9,3%), Ceará (6,8%), Minas Gerais (6,5%), Paraná (6,2%), Rio de Janeiro (5,9%) e Rio Grande do Sul (4%). Amapá, Mato Grosso e Tocantins foram as unidades que registraram o menor número de óbitos na faixa etária.

Vacinação infantil
A imunização de crianças está prevista para começar na próxima sexta-feira no país. Segundo o plano elaborado pelo Ministério da Saúde, as de 5 anos serão as últimas imunizadas, já que a ordem de imunização indicada é decrescente.

Na capital baiana, a prefeitura afirma que iniciará as aplicações dos imunizantes para este público ainda este mês. A aplicação dependerá do envio de vacinas pelo Ministério da Saúde.

Em entrevista nesta segunda-feira (10), o prefeito Bruno Reis (DEM) explicou todos os detalhes de como será feita a estratégia na cidade. Salvador possui 149.214 pessoas cadastradas nessa faixa etária.

Segundo o prefeito, a recomendação é para que todas as crianças sejam imunizadas e reforçou que, no que depender do poder público, todo o público-alvo será beneficiado. “Para os pais que desejarem vacinar seus filhos de 5 a 11 anos, a Prefeitura está preparada e recomenda a ação. A vacina tem cumprido o seu papel. A Bahia tem hoje mais de 400 casos ativos. Atualmente há muitas pessoas com sintomas, mas um número muito baixo de demanda de internação”.

De acordo com a prefeitura, a vacinação será realizada com o imunizante da Pfizer (Comirnaty), autorizado para aplicação no público infantil pela Agência Nacional Vigilância Sanitária (Anvisa), com o intervalo de oito semanas entre a primeira e a segunda dose. A dose das crianças é menor que a dos adultos, mas tem a mesma eficácia, conforme demonstrado por estudos já publicados.

fonte: BNews

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *