BAILARINOS CATUENSES BRILHAM EM ESPETÁCULO DE BALLET

A noite do último sábado foi marcada pela arte. Bailarinos catuenses de todas as idades da escola Ilma Costa, dançaram e encantaram pela execução de um ballet com reconhecimento internacional   

Cerca de quase 400 pessoas estiveram nesse sábado no Clube CEPE, em Catu, para prestigiar um noite com muita da dança e beleza, realizada  por 52 jovens e crianças catuenses, que mais uma vez mostraram que a cidade tem uma gama de talentos que não para de crescer.

Coppelia teve toda estrutura de grandes espetáculos brasileiros. Empresas foram contratadas para fazer desde a caracterização, figurino, palco, ornamentação, som, fotografia, maquiagem tudo foi feito para que a plateia presente se sentisse dentro de grande teatro brasileiro.

Pais e alunos viveram semanas de ansiedade e expectativa para verem a  execução da arte do Ballet da forma mais perfeita possível.

Um verdadeiro batalhão de pessoas estiveram envolvidas direta e indiretamente, para que tudo acontecesse da forma sonhada e desejada, sendo mais uma amostra do talento e capacidade dessa turma que demonstra muito profissionalismo desde de muito cedo, enchendo pais e professores de orgulho.

Givaldo Pereira Silva e Jocineia 

Santos Silva, pais da solista Ester Silva(12), destacam:“ é o primeiro ano dela fazendo um solo, e para nós é muito gratificante.  Nós nos alegramos pela forma que ela tem se posicionado em relação ao sonho dela.” Pontua Givaldo.

A escola Ilma Costa fornece uma certificação da Royal Academy of Dance, onde as alunas são avaliadas anualmente e avançam de nível conforme são certificadas a cada exame. Um método internacional vai do prime ao advanced 2, onde o aluno(a) pode continuar as aulas em qualquer academia dentro e fora do país que adote o mesmo método, uma garantia de um profissionalismo que os diretores da escola fizeram questão.

Ilma Costa e Juliano Costa, casados a 12 anos,  tem uma filha de são os diretores da escola, e prezam pela excelência do ensino. Contam que quando começou a escola no Bairro da Boa viagem, em Salvador, muitos foram os comentários de que não daria certo, uma escola de Ballet em plena periferia, o mesmo aconteceu quando começou a investir em Catu:

“amigos me achavam louca e diziam Ilma como você fecha sua escola para ir para uma cidade de interior? Mas eu caminhei em cima de uma palavra de Deus e não desistir. Foram muitas as dificuldades, mas o tempo que Catu é sim uma cidade com uma safra de bailarinos talentosos e que merecem uma escola de nível instalada aqui.”

Quando perguntada sobre planos Ilma respondeu: “temos muitos  pois ano que vem comemoramos 15 anos de Ballet Ilma Costa, mas preferimos revelar em tempo oportuno.”

Sobre projetos sociais a bailarina e também professora destaca: eu e meu esposo Juliano temos bolsas para alunos que não tem condições de pagar e que inclusive alguns figurinos dos bailarinos no espetáculo são custeados pela escola.

Juliano também fez questão de pontuar: “ os meninos tem bolsa integral na nossa escola, porque nos preocupamos em mostrar para a sociedade que ballet não tem nada haver com a opção sexual. Mesmo com esse incentivo, em Catu infelizmente não temos nenhum aluno e em Salvador só temos um e  o outro é um professor.”

“O que posso dizer é que os bailarinos do sexo masculino que vencem ao preconceito e correm atrás do seu sonho, normalmente se tornam bailarinos de excelência. Eu sou a prova de que seguir suas inclinações artísticas, é recompensador.”

Sobre Priscila Cerqueira, coordenadora do projeto na cidade o casal diz: “ uma pessoa que representa totalmente todos os ideais da escola , a quem eu posso confiar plenamente, embora todas as decisões sejam tomadas em comum em comum acordo conosco.”

         (Juliano e Ilma Costa junto com Priscila Cerqueira)

Para a equipe do Catu Acontece Priscila enfatizou: “ o sentimento que tenho agora é de gratidão, alegria e dever cumprido, por um trabalho que fecha o ano de 2016 mostrando toda dedicação que temos anos nossos alunos nas nossas aulas. O espetáculo Coppelia foi para mim coroação de tudo, valeu a pena todo esforço.”

Para os interessados em matricular-se na escola segue abaixo o endereço e telefones para contatos em Catu e Salvador.

Salvador/Ba:

Praia Grande, Rua Carlos Lacerda,17 a ( em frente ao cartório)

Tel: (71) 3307-6322 e 99244- 1895 (whats app)

Catu/Ba:

Rua Armando ferreira, em frente a nova delegacia, próximo ao Centro de abastecimento.

Tel: (71) 99638- 0541 e 99995-6566 (whats app)

Donaire Verçosa

Dir. Jornalismo do Site Catu Acontece. Graduada e de família Catuense! Prezo pelo jornalismo imparcial.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Catu Acontece - A Sua Revista Eletronica
2017 - 2019